Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela
Circuito nacional de artes cênicas inicia a temporada 2019 em Natal, no dia 28 de março. Serão 642 apresentações de 20 grupos em todos os Estados e no Distrito Federal
O Palco Giratório, circuito nacional de artes cênicas promovido pelo Sesc, chega à sua 22ª edição com muitas novidades na programação. Um dos destaques é o Cena Expandida – Circuito Especial, que terá a participação do grupo Vouver, com sessões especiais e acessíveis, com recursos de audiodescrição, além de uma oficina de teatro focada na relação entre o corpo e acessibilidade. Ao todo, 138 cidades brasileiras receberão 642 apresentações, realizadas por 20 grupos artísticos. O lançamento nacional acontece no dia 28 de março, em Natal (RN).

“Há 22 anos, o Palco Giratório promove o trabalho de artistas independentes e manifestações artísticas diversificadas, como, dança, circo, teatro, intervenções urbanas e suas interfaces. Além de permitir que os artistas apresentem seus espetáculos em todas as regiões brasileiras, contribui para a formação de público e democratização do acesso à cultura”, destaca Mariana Pimentel, analista de artes cênicas do Departamento Nacional do Sesc.

Os grupos são selecionados por meio de uma curadoria formada por 33 profissionais do Sesc de todo o Brasil. A partir de critérios como diversidade de linguagem, regiões do país, faixa etária e trajetória dos artistas, a curadoria mapeia questões e tendências latentes no contexto atual das artes cênicas brasileiras.

“A proposta é destacar questões presentes na contemporaneidade por meio da arte: a importância do diálogo, da empatia, do encontro das diferenças, a visibilidade negra, a cultura indígena, as questões do feminino, a diversidade, são algumas das temáticas presentes este ano”, reforça Vicente Pereira Júnior, analista de artes cênicas do Departamento Nacional do Sesc.

 

Fonte: CDN Comunicação

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+