Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS | Leitor de Tela
Cadeirante utilizando o transporte público adaptado. (Fonte: Cadu Gomes/ObritoNews/Fato Online)
Dia 15 de outubro de 2015 | Por Brenda Cruz | Sobre Comportamento e Notícias

Conteúdo em Libras

Texto em Português

Começou nesta segunda-feira (29), às 5h da manhã, a fiscalização do cumprimento das regras de acessibilidade no sistema de transporte coletivo de Brasília. Batizada de Hefésto, a operação mandou fiscais da Secretaria de Mobilidade a garagens de ônibus e às ruas para avaliar se as empresas cumprem os quesitos.

A operação se estende até dia 3 de julho. Os fiscais vão testar os elevadores e os assentos especiais dos ônibus, além de acompanhar pessoas com deficiência e idosos nos pontos de ônibus, para confirmar se as denúncias de que os veículos não param são verdadeiras.

A operação foi organizada depois de um levantamento sobre o número de reclamações feitas por quem tem direito a gratuidades.

Após a fiscalização, as empresas que forem notificadas serão orientadas. A operação foi batizada com o nome do deus grego Hefésto porque, apesar de ser ferreiro, responsável pela confecção do escudo de Zeus, ele foi expulso do Olimpo por ter uma deficiência física.

Fonte: Fato Online

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+