Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS | Leitor de Tela

[tab]
[tab_item title=”Conteúdo em Libras”]

botao_news botao_noticia

[/tab_item]
[tab_item title=”Texto em Português”]

Cada canto da casa tem a ver com preferências individuais, por isso, estilo e qualidade têm que andar juntos ao pensar na estética do lar das pessoas com deficiência visual. A ADVComm, empresa brasileira especializada em sinalização técnica, apresenta com exclusividade o Color Chart pisos táteis na 15ª Edição da Reatech – Feira Internacional de Tecnologia em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, que vai até às 19h deste domingo na São Paulo Expo.

O Color Chart oferece a mesma garantia de qualidade dos pisos táteis padrão, porém, com o diferencial de serem apresentados agora nas mais variadas cores, de forma a tornar a sinalização de acessibilidade uma possibilidade de também agregar valor estético ao ambiente.

De acordo com Amanda Souza, 22, designer criativa da empresa, com o objetivo de incluir a acessibilidade em projetos arquitetônicos por meio da comunicação tátil e visual, o Color Chart “sinaliza mudanças de nível, direção, a iminência de obstáculos, rampas, escadas, entre outros, de forma elegante e particular com seus diversos contrastes de coloração possíveis”.

Os produtos são divididos nas linhas Decor, que corresponde aos elementos táteis isolados, disponíveis em 29 cores; Carpet, que reúne os elementos no formato de tapete (disponibilizado em 13 cores); Metalic, que proporciona ao ambiente maior requinte e estética, já que essa opção é produzida em aço inoxidável  304, ideal para projetos arquitetônicos de alto valor agregado; além da linha fotoluminescente Luminous, que é exclusividade da ADVComm e criada para desempenhar a sinalização em ambientes com ausência total de luz, como em situações de corte de energia e incêndios.

“Idosos e quem tem pouca visão terão bastante acessibilidade de localidade com esse piso”, enfatiza a designer. O que torna essa linha diferente é que ela atende desde pessoas sem percepção visual até quem também não tem deficiência.

“É possível aplicar um piso tátil diferenciado de acordo com o tipo de ambiente. Não precisa necessariamente ser com a cor amarela de segurança, mas sim estilizar. Uma escola, um museu, uma exposição, por exemplo, terão sua identidade representada nessa acessibilidade”, afirma Amanda. Os pisos táteis foram feitos a partir de um blend de materiais de alta durabilidade e resistência ao desgaste e à corrosão. Eles seguem os mais rigorosos padrões de qualidade, bem como todas as normas da ABNT e a legislação vigente relacionada.

Veja fotos dos pisos abaixo.

 

[/tab_item][/tab]

Posts Relacionados

Assine a Revista D+