Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS | Leitor de Tela
Atletas brasileiros participam da Ottobock Running Clinic de Buenos Aires
Dia 13 de setembro de 2017 | Por Audrey Scheiner | Sobre Esporte e Notícias
Banner intérprete (2)

Acontece pela primeira vez na Argentina uma edição da Running Clinic, evento promovido pela Ottobock, que reúne esportistas amputados de membros inferiores com interesse em praticar corrida. O evento acontece em Buenos Aires desde ontem, 12, e vai até 15 de setembro, no Centro Nacional de Alto Rendimiento (Cenard), e conta com a participação especial de Heinrich Popow, atleta paralímpico alemão, que dividirá sua experiência com os participantes.

Atletas da Argentina, Chile, Colômbia, México, Paraguai e também do Brasil, que participaram do evento em 2014, terão a oportunidade de aprender a correr, novamente ou pela primeira vez, usando prótese.

Durante os primeiros dias, será realizado um seminário que ajudará os participantes a aproveitar ao máximo seus potenciais de rendimento, trabalhando questões físicas e psicológicas. No último dia, na parte prática, todos participarão de uma corrida de 200 metros com o joelho esportivo 3S80 da Ottobock, prótese de altíssima qualidade e desempenho e desenvolvido especificamente para corrida.

O projeto foi criado por Popow, medalhista de ouro na corrida dos 100 metros em Londres, 2012, e recordista mundial no salto à distância nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. Ele afirma que a ideia da Running Clinic é proporcionar uma vida ativa, bem como a mudança na percepção do atleta em relação a si próprio. Além de mostrar que não é preciso ser um competidor profissional para começar a correr.

Estes foram os princípios que atingiram Vinicius Gonçalves Rodrigues, atleta brasileiro que representará o Brasil no evento. Aos 19 anos, Rodrigues, após sofrer um acidente de moto, amputou uma das pernas. Hoje, com 22 anos, integra a seleção brasileira competindo como velocista de 100 metros e salto em distância.

Em 2016, participou das classificatórias para os Jogos Paralímpicos do Rio. Mesmo não sendo classificado para a competição, manteve a rotina de treinos e almeja participar dos Jogos de Tóquio em 2020. Atualmente, o jovem é uma das apostas brasileiras para a disputa de medalhas.

Ao todo mais de 15 edições da Ottobock Running Clinic já foram realizadas e, ainda este ano, China, Japão e Arábia Saudita também receberão edições do evento.

Posts Relacionados

Assine a Revista D+