Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela
Brainy Mouse
Dia 9 de agosto de 2019 | Por Tacila Saldanha | Sobre Notícias
Banner intérprete (2)

Aplicativo de celular criado por brasileira nos EUA incentiva a leitura e a escrita 

 

Buscando estimular o desenvolvimento e autonomia da criança e criar oportunidades de desenvolver suas habilidades cognitivas, a brasileira Ana Paula Sarrizo  investiu na criação do jogo Brainy Mouse – um ratinho muito simpático e esperto – por meio da Brainy Mouse Foundation.

 

Focado na alfabetização de crianças com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) e crianças com déficit de atenção, o game pode ser utilizado em qualquer celular Android ou iOS – em inglês, português, e, em breve em espanhol – e apresenta uso fácil e intuitivo.

 

O Brainy Mouse também se propõe auxiliar pais, responsáveis, professores e profissionais que convivem com as crianças que têm Transtorno do Espectro do Autista (TEA). “O usuário pode configurar o jogo, mudando as cores do layout, escolhendo a música que vai tocar, a velocidade do ratinho, a voz da locução, além da fonte das letras. Pensamos nisso porque entendemos que nenhuma criança autista é igual a outra. Cada uma tem sua personalidade sua identidade própria e seus desafios. Algumas não se sentem confortáveis com as mesmas rotinas, já para outras isso é fundamental”, afirma Ana.

 

Após um ano de lançamento, o jogo conta com apoio do Dr. Augusto Cury, um dos autores dos maiores best-sellers do momento, doutor em psicanálise, professor, escritor brasileiro e médico psiquiatra, e do  Dr. Allyson Muotri, pioneiro em pesquisas que ajudaram a descobrir as causas e mapear tratamentos mais eficazes para o TEA.

 

Ana aponta que, como não existe cura até o momento, o tratamento mais indicado que se propõe hoje para os autistas é um tratamento multidisciplinar com vários profissionais. “Nutricionista, psicólogo, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, neurologista, esporte, música. Quanto mais atividades a criança consegue desenvolver suas habilidades cognitivas, maior é o resultado que ela pode alcançar – e o jogo se propõe a isso”, aponta a idealizadora do projeto.

 

O Jogo
Em um ambiente alegre e cheio de desafios, o jogo  acontece em um restaurante, representado por países. Cada restaurante é detalhadamente decorado com os utensílios, cores e layout customizados conforme a cultura e referências do país.

 

A criança precisa coletar as sílabas espalhadas no restaurante sempre da esquerda para direita, formando as palavras indicadas no menu de tarefa do prato determinado e, o  Rato Amigo, possui super poderes que ajuda a criança a encontrar as sílabas e a fugir do chefe cozinheiro.

 

Além disso, o usuário pode customizar as roupas e o personagem Brainy Mouse com seus cheese coins, conquistados durante o jogo, estimulando a criança a vencer desafios e deixando dinâmico, evitando o que acontece com a maioria dos jogos educacionais, abandonados pela criança por se tornarem monótonos e não gerar felicidade durante o jogo.

 

Sobre a Brainy Mouse Foundation

 

A Brainy Mouse Foundation é uma organização sem fins lucrativos, que tem como objetivo desenvolver aplicativos digitais que promovam a inclusão de crianças e adolescentes. A fundação apoia e investe em diversos projetos sociais de grande relevância e de impacto na vida de milhares de famílias.

 

Para mais informações: http://brainymouse.org/pt-br/

 

 

Fonte – Assessoria de Imprensa – Larissa Alves

 

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+