Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela
Alexandre e Névia
Dia 14 de março de 2017 | Por Brenda Cruz | Sobre Cursos, Feiras & Eventos e Notícias

[tab]
[tab_item title=”Conteúdo em Libras”]

[/tab_item]
[tab_item title=”Texto em Português”]

No último sábado, 11, a concessionária Jeep Divena, na Avenida Ricardo Jafet, em São Paulo, ofereceu um café da manhã exclusivo, com test drive para condutores com deficiência, no modelo Jeep Renegade 1.8 – 16 V AT Flex 4P 2017. O valor com isenção do automóvel sai por R$ 54.655,00. “Nós já realizamos alguns cafés da manhã aos sábados, mas esse final de semana foi especialmente para o público que tem direito à isenção, onde terão a oportunidade de fazer um Test Drive no veículo e obter informações”, contou Oahini Marcopito, organizadora do evento e há três meses na Divena.

Oahini explica que o processo de um cliente com isenções e outro sem é diferente. “O cliente vem até a Divena e tem um atendimento diferenciado com um consultor especializado no assunto, pronto para atende-lo e informa-lo de todos os benefícios e procedimentos para adquirir o seu Jeep com isenção. Para o processo de obtenção da CNH especial e o benefício de isenções contamos com nossos parceiros: Auto Escola Javarotti e Névia Isenções”.

Há dois anos na empresa, o vendedor exclusivo para atender essa demanda é Alexandre de Castro, que consegue vender mensalmente de 25 a 30 carros com o benefício. “No início foi difícil, pois as vendas demoram cerca de seis meses para se concretizarem. Mas agora está tudo ótimo, a procura é constante!”.

“Hoje em dia temos mais informações que há 20 anos, o que explica essa demanda cada vez maior de pessoas em busca das isenções. No entanto, é preciso divulgar mais, penso que a televisão deveria abordar mais esse tema, para que todos soubessem que existe essa possibilidade”, explica Névia Bernardes da Gama e Silva, pioneira no ramo de isenções para automóveis. “Além do que, não são só deficiências que entram na lista: mas há diversas patologias com as quais a pessoa pode ser beneficiada pela isenção”, finaliza.

Por Brenda Cruz

[/tab_item][/tab]

Posts Relacionados