Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS | Leitor de Tela

Conteúdo em Libras

Texto em Português

Com cerca de 130 mil surdos usuários de Libras no Estado, prefeitura lança serviço para mediar comunicação nos serviços públicos

Inaugurada a primeira CIL no Centro de São Paulo, no dia 22 de setembro, tendo por objetivo ampliar e melhorar a comunicação no atendimento entre os funcionários e os usuários dos serviços públicos. A iniciativa conta com 21 intérpretes responsáveis no auxílio às pessoas com deficiência auditiva (surdas e cego-surdas), na capital.

O projeto de nº 53 faz parte do Programa de Metas da Prefeitura (2013-2016), fruto da parceria com o Governo Federal, mediado pela Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNPD). Atualmente as centrais concentram-se em 37 cidades brasileiras, estendendo-se pelo Estado nas cidades de Campinas, Guarulhos e São José do Rio Preto. “Nós temos que garantir para a pessoa com deficiência o que ela mais precisa, oferecendo-lhe autonomia”, afirma o prefeito Haddad.

Foram necessários dois anos de pesquisa para encontrar o formato mais adequado ao programa virtual, optando-se pela tecnologia europeia baseando-se em sua funcionalidade; a Central contém três modalidades diferentes de atendimento:

  • “In loco”: o usuário de Libras solicita um intérprete ou um guia-intérprete, para que ele se desloque até o serviço público de atendimento necessário e realize a tradução simultânea para o atendente do estabelecimento;
  • Presencial: o solicitante deve comparecer diretamente a CIL, na Rua Líbero Badaró, 425, 32º andar, no Centro, para que o intérprete possa auxiliá-lo, por exemplo, em uma ligação telefônica para um órgão público;
  • Virtual: o usuário solicitará o intérprete através do aplicativo em seu smartphone, tablet, ou computador com acesso à internet. Apesar da função ainda estar em processo de implementação, o usuário poderá contatar a Central para reportar uma emergência médica, comunicar-se com um serviço público ou outra pessoa usuária de Libras por meio de vídeo.

Além das três modalidades de atendimentos, a instalação de totens já está acontecendo em todas as subprefeituras para acesso via vídeo ou texto aos intérpretes da CIL, facilitando a mediação entre os funcionários locais e o usuário.

Informações: www.prefeitura.sp.gov.br/pessoacomdeficiencia

Por Cintia Alves

 

 

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+