Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS | Leitor de Tela
Divulgação
Dia 25 de março de 2016 | Por Renata Lins | Sobre Comportamento e Notícias

Conteúdo em libras

[Conteúdo em português]

O Corpo de Bombeiros de Itapetininga, interior de São Paulo, teve uma ideia no mínimo interessante e inclusiva: criou um grupo no aplicativo WhatsApp para que surdos pudessem comunicar por escrito a ocorrência de algum acidente ou perigo.

Ao perceber a dificuldade de pedir ajudar aos socorristas, o tenente do Corpo de Bombeiros, Adriano Brito, resolveu auxiliar as pessoas com deficiências auditivas. Segundo ele, a iniciativa já ajudou moradores da região, como o senhor Armindo Ferraz, que esqueceu uma panela no fogo, causando um incêndio em sua casa. O aposentado tirou uma foto do acidente e colocou no grupo, imediatamente os bombeiros foram socorrê-lo.

A equipe já está aprendendo a se comunicar em Libras e está se adaptando à forma diferente que os surdos escrevem suas mensagens, ao colocar apenas o objeto e o verbo no final da frase. Bela iniciativa.

Por Renata Lins

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+