Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela
Dia 4 de agosto de 2016 | Por Revista D+ | Sobre Edição 10


(Box)

Fernando Aranha e Geovanne Amorim: inclusão e desenvolvimento pelo esporte

Fernando Aranha e Geovanne Amorim: inclusão e desenvolvimento pelo esporte

  (texto Renata Lins)

Fernando Aranha tem 37 anos, é paratleta e está entre os melhores do mundo no triatlo. O menino que pulava os muros do internato para jogar basquete em cadeira de rodas agora vai disputar medalha na Paralimpíada do Rio de Janeiro “Eu era arteiro como qualquer moleque da minha idade. Subia nos telhados, escalava árvores, subia nas cadeiras e pulava a janela”. Foi por esse dinamismo na juventude que Fernando encontrou-se com o esporte. Os muros do Pequeno Cotolengo ficaram realmente pequenos para esse competidor.

Em 2010 decidiu entrar para o esporte de rendimento com a convocação da seleção brasileira no ciclismo usando uma handbike (do inglês “bicicleta de mão”). Desde então, as vitórias foram-se somando em seu currículo esportivo. 

Faça seu Login para ter acesso a todo Conteùdo.


Ou cadastre-se Gratuitamente para ter acesso a todo Conteùdo,

Sumário

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+