Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela

A visão de um pai confrontado por uma realidade inesperada, com expectativas e sonhos que renascem, a todo momento, como um novo suspiro de vida

texto Cintia Alves   foto Alice Gonçalves

O significado do nome da pequena Eloah – Deus, do aramaico Eláh, do siríaco Allahá e do árabe Iláh – condiz muito com os maiores princípios de sua vida: força, fé e esperança. Hoje com três anos, Eloah (lê-se Elôa) nasceu com uma doença rara chamada anoftalmia bilateral congênita (sem os globos oculares).

Por conta do lábio leporino e da fenda palatina, foram idas e vindas ao hospital que deixaram sequelas, como a bronquiolite obliterante, que a faz utilizar, ainda, a traqueostomia, o bipap – aparelho ligado ao oxigênio, aspirador de secreção, inúmeras medicações e cuidados 24 horas por dia, por tempo indeterminado.

Faça seu Login para ter acesso a todo Conteùdo.


Ou cadastre-se Gratuitamente para ter acesso a todo Conteùdo,

Sumário

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+