Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela
robert-darnton
Dia 18 de novembro de 2016 | Por Revista D+ | Sobre Edição 11

[tab]

[tab_item title=”Texto em Português”]

INTERCÂMBIO DE INFORMAÇÕES VALORIZA A LEITURA E O CONHECIMENTO
texto Rosa Buccino fotos Divulgação

Baseada no conceito História em Todos os Sentidos e com o objetivo de reforçar o gosto pela leitura, a 24ª Bienal do Livro foi visitada por estudantes, educadores, professores, pedagogos, escritores, profissionais e empreendedores do segmento livreiro nacional.

luis-antonio-torelli

Luís Antonio Torelli comemorou os 70 anos da CBL e o valor que a Bienal do Livro proporciona à aprendizagem

Na abertura, em 26 de agosto, Luís Antonio Torelli, presidente da Câmara Brasileira do Livro (CBL), comentou que ao longo de 70 anos, a CBL difunde o hábito da leitura e democratiza o acesso ao livro através de várias iniciativas, como é o caso da Bienal do Livro. “Essa trajetória começou na década de 1950 em uma feira popular do livro, organizada na Praça da República, centro paulistano, e, ao recordar desse fato, orgulho-me em constatar a projeção positiva conquistada pela Bienal entre organizadores, visitantes e todos os profissionais do segmento editorial e livreiro”, relatou Torelli, comentando também que, através do decreto nº 57.251 de 25 de agosto de 2016, a Secretaria Municipal da Cultura incluiu a Bienal Internacional do Livro de São Paulo no calendário de eventos da cidade.

Além de autoridades estaduais e municipais, a abertura teve um show da icônica cantora e poetisa Maria Bethânia que, entre canções e poemas, destacou sobre sua formação educacional no ensino básico. Ovacionada, a certo momento, ela refletiu: “a Maricotinha de outrora, que frequentou a escola pública no Recôncavo Baiano, está, hoje, abrindo a Bienal do Livro”.

MOMENTOS E NOVIDADES

A Lei Brasileira de Inclusão (LBI), que vigora desde janeiro de 2016, foi objeto de discussão quanto à sua aplicabilidade no mercado editorial. O tema foi abordado pela deputada federal Mara Gabrilli e pelo presidente do Comitê Brasileiro de Organizações Representativas das Pessoas com Deficiência (SRPD), Moisés Bauer Luiz, no painel A LBI e o Mercado Editorial, na programação paralela à Bienal do Livro.

Faça seu Login para ter acesso a todo Conteùdo.


Ou cadastre-se Gratuitamente para ter acesso a todo Conteùdo,

[/tab_item][/tab]

Sumário

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+