Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela
rio-cristo
Dia 18 de novembro de 2016 | Por Revista D+ | Sobre Edição 11

 

dom-predro

Trilha plana e larga, acessível, com braile e cordas para direcionamento

FLORESTA É PARA TODOS

É verdade que, ao falar do Rio de Janeiro, todo mundo pensa primeiro no Cristo Redentor. Ou em Copacabana.

Mas é certo que não pensam em “passeio na floresta”. Pois saiba que o Parque Nacional da Tijuca, com seus quase quatro mil hectares de pura Mata Atlântica, é uma das maiores florestas urbanas do mundo e garante excelentes experiências íntimas com a natureza.

Pessoas com mobilidade reduzida, em cadeiras de rodas e cegos contam com uma trilha apropriada: pelo Jardim dos Manacás, tem-se acesso ao Caminho Dom Pedro Augusto, percurso de 630 m, mais largo e plano, para facilitar a locomoção de cadeirantes; com cordas que ajudam no direcionamento e placas em braile, que identificam as espécies da flora, como os grandes e frondosos Jequitibá e Pau-Ferro.

Já que o objetivo é contribuir para o desenvolvimento físico-motor, recreativo e cultural da pessoa com deficiência em atividades acessíveis, esperamos que muitas outras trilhas, nesse imenso parque, sejam igualmente adaptadas. Diariamente, das 8h às 17h.
# 21 2491-1700 / www.parquedatijuca.com.br 

 

morteza

Morteza Mehrzad, o paratleta mais alto do Irã, e turistas estrangeiros

PARA O ALTO E AVANTE

Parece lei: ao chegar ao Corcovado, aos pés da obra que foi eleita uma das sete maravilhas do mundo moderno, todos fazem foto na posição do Cristo Redentor. Quando estivemos lá para conferir a acessibilidade do cartão postal, nem mesmo o homem mais alto do Irã, o paratleta de vôlei sentado Morteza Mehrzad, escapou de esticar os braços do alto de seus 2,46m.

Para chegar lá em cima, a pessoa com deficiência conta com o serviço de vans credenciadas, acessíveis a cadeirantes, que saem do Largo do Machado e da Praça do Lido (R$ 53, na baixa temporada, por pessoa), incluindo a ida, a volta e o acesso ao monumento.

O Cristo fica no topo dos 710 m do Corcovado, daí é outra subida: você pode escolher os elevadores ou as escadas rolantes. Nestas últimas, pessoal treinado e uniformizado está apto para ajudar. Ah, e também disponibilizam cadeira de rodas, caso você precise.

Só achamos que o banheiro adaptado, o único no local, no hall de espera para tomar o bondinho, tem acesso meio… difícil! O cadeirante ou a pessoa com mobilidade reduzida tem de subir uma rampa de metal inclinada e vencer o hall repleto de bancos, que estava naturalmente lotado no dia de nossa visita. Diariamente, das 8h às 19h.

# 21 2225-0401 / www.cristoredentoroficial.com.br

 

monumento

O museu se tornou o mais novo ponto turístico do Rio de Janeiro

 

DE OLHO NO FUTURO

A enorme estrutura branca com suas placas de captação de energia solar, que se movimentam de acordo com a localização do astro rei, é tão encantadora que faz da visita ao Museu do Amanhã um programão. E esta é só a parte de fora!

O museu de ciências, localizado na zona portuária do Rio de Janeiro, faz jus ao nome e pensa longe para ampliar a acessibilidade dos visitantes. Trata-se de um espaço de diálogo que compartilha tendências, possibilidades, diversidade, inclusão e conhecimento científico para o futuro.

A arquitetura inovadora da construção conta com piso podotátil, rampas, galeria das formas com maquetes táteis, espaço para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida, elevadores, fraldários, banheiros adaptados, sinalização universal e legenda em português nos vídeos e nas animações. Além disso, estão na fase de finalização do audioguia e do videoguia para maior autonomia dos visitantes.

Em parceria com órgãos públicos, escolas e instituições especializadas na formação de educadores realizam visitas adaptadas. “O desejo de engajar nossos públicos por meio da sustentabilidade e da convivência, pensando no hoje como o lugar da ação, tem a diversidade e a inclusão como forças motrizes dessa mudança”, afirma Melina Almada, gerente de Educação do museu. “Assim, pensar em acessibilidade no Museu do Amanhã é pensar a sua própria prática”. Acompanhe a agenda pelo site www.museudoamanha.org.br

 

Lucas Dutra, 10 anos, representa com orgulho o Rio de Janeiro Power Soccer Clube (RJPS)

Lucas Dutra, 10 anos, representa com orgulho o Rio de Janeiro Power Soccer Clube (RJPS)

UMA PARTIDA DIFERENTE 
(que a gente foi assistir e amou!)

Com uma bola duas vezes maior que a do futebol tradicional, uma partida de power soccer inclui crianças e adultos com deficiência motora severa – como tetraplegia, paralisia cerebral, distrofia muscular, entre outras – em cerca de 30 países.

Representando o Brasil, estão as cadeiras de rodas motorizadas do Clube Novo Ser de Power Soccer, do Instituto Novo Ser (INS) – primeiro time do país e da América Latina  –, e o Rio de Janeiro Power Soccer Clube (RJPS); que seguem mundo afora em competições nunca antes imaginadas por eles.

Monica Dutra, 42 anos, idealizadora e diretora do RJPS, viu no esporte uma oportunidade inclusiva para seu filho Lucas Dutra, 10 anos, com deficiência motora severa. “Foi como se tivesse descoberto uma maneira de se sentir parte de uma equipe e, finalmente, fazer algo capaz de lhe desafiar e lhe trazer adrenalina”, contou Monica. 

“Acho que na vida todo mundo quer pertencer a um grupo, se identificar e se sentir importante, e aqui no nosso time todos compartilham desse sentimento”, contou Monica.

A modalidade pioneira na América do Sul é administrada pela Associação Brasileira de Futebol em Cadeira de Rodas (ABFC), e busca por uma ampla promoção de cidadania. “Para uma efetiva inclusão social, é necessário o respeito à diversidade, ampliação das opções de escolha, garantia dos mínimos sociais e a participação deles, para conceder a todos uma vida decente e digna”, afirma Nena Gonzalez, da direção do Instituto Novo Ser.

NS: treinos aos sábados, das 14h às 16h, na Associação Atlética Light – AAL, no Grajaú.
# 21 3904-2614 / www.novoser.org.br/powersoccer

RJPS: treinos aos sábados, na parte da manhã, no Parque do Flamengo ou na ACM-Lapa. 

# 21 98892-7482 / www.facebook.com/riodejaneiropowersoccer

(Por Cintia Alves)

Páginas: 1  2  3  4  5  6        Próximo>>

Sumário

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+