Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela
janine-goossens
Dia 19 de dezembro de 2016 | Por Revista D+ | Sobre Edição 12

[tab]

[tab_item title=”Texto em Português”]

Rede de salões inspira investidores do segmento de beleza e estética

texto Rosa Buccino   fotos Marcos Florence

Um clima eufórico provocou mudanças consideráveis no Brasil dos anos 50. Com o fim da guerra mundial, a revolução comportamental e tecnológica passou a ser temática amplamente discutida. A televisão exibiu a primeira programação em 18 de setembro de 1951, orquestrada pelo jornalista e empresário Assis Chateaubriand, transformando definitivamente a cultura popular.

Paralelamente à movimentação histórica, imigrantes de origem europeia elegeram o nosso país como destino, caso dos franceses Jacques Goossens, cabeleireiro, e Janine Goossens, esteticista, que aterrissaram na cidade de São Paulo para validarem a máxima que os conduz pessoal e profissionalmente: “com fé e amor pelo que se faz, é possível transpor barreiras e progredir”. Não é à toa que, hoje, passados quase sessenta anos, a rede Jacques Janine é referência em nosso país e na América Latina e inspira investidores que estão à beira de planejar um novo negócio até mesmo na terceira idade.

A sede do Jacques Janine tem amplas dependências internas

A sede do Jacques Janine tem amplas dependências internas

A trajetória bem sucedida de Jacques e Janine começou em 1958, quando se conheceram, apaixonaram-se e casaram-se para literalmente viverem felizes para sempre. Não tardou para inaugurarem no mesmo ano o primeiro salão, na Rua Augusta, cidade de São Paulo. Janine revela que sua formação como esteticista, em Paris, foi determinante para atrair a clientela naquela época. “Contava com poucos produtos e ferramentas. Recordo que atraia minha clientela pela atenção dedicada e, por imprimir meu toque manual em procedimentos de massagens que realizava”, recorda.

A mesma fórmula certeira foi aplicável a Jacques, expert na arte dos cabelos. Janine comenta que o marido sempre procurou compreender as reais necessidades dos clientes. “Ele foi sempre um mestre nesse ofício, ensinando a equipe profissional desde segurar pente, escova e tesoura até como manter o atendimento impecável”, observa.

Janine também sabe que o avanço da indústria cosmética e a expansão tecnológica revolucionaram o segmento de beleza e, consequentemente, foram determinantes para a prosperidade do próprio negócio. “A diversificação de nossos serviços, o bom atendimento à clientela e pesquisas permanentes sobre lançamentos e novidades foram ainda mais solidificadas como nossa missão”. Na área da estética, por exemplo, houve incremento de formulações dedicadas aos peelings faciais e rituais reservados à pele e massagens corporais.

Faça seu Login para ter acesso a todo Conteùdo.


Ou cadastre-se Gratuitamente para ter acesso a todo Conteùdo,

[/tab_item][/tab]

Sumário

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+