Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela

Conteúdo em Libras

Texto em Português

A iniciativa visa à mudança em retirar o véu de invisibilidade sobre o tema

A Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência estima que pessoas com deficiência tenham até 10 vezes mais probabilidades de sofrer maus-tratos quando criança, e 1,5 de chances a mais de serem vítimas de abuso sexual durante toda a vida.

Por conta dos resultados alarmantes, o Programa Estadual de Prevenção e Combate à Violência contra Pessoas com Deficiência realiza no ano de 2015 encontros regionais para debater a situação atual de denúncias. A programação aborda assuntos sobre os conceitos, mitos e definição legal da Deficiência, as causas e especificidades da violência, assim como, prevenir e enfrentar tal situação.

Próximos encontros:

Outubro                                                         Novembro                            Dezembro

Araraquara – 13/10                                     Ribeirão Preto – 06/11            Valinhos – 11/12

São Bernardo do Campo – 16/10             Dracena – 06/11

Araçatuba – 20/10                                       Marília – 13/11

Cajati – 23/10                                               Presidente Epitácio – 27/11

Barueri – 30/10

Delegacia de Polícia da Pessoa com Deficiência – DPPD

Localizada na Rua Brigadeiro Tobias nº 527 – térreo (próximo à estação Luz do metrô – linhas Amarela e Azul), opera de 2ª a 6ª feira das 9h às 18h com modelo diferenciado do Centro de Apoio integrado por assistentes sociais, psicólogos, intérpretes de Libras (para atender aos surdos), cientista social e recursos de tecnologia assistida que facilitam o acesso a informações para pessoas com deficiência visual.

Por Cintia Alves

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+