Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS | Leitor de Tela
Especialista faz alerta no Dia Mundial sem Tabaco
Dia 31 de maio de 2016 | Por Renata Lins | Sobre Notícias e Saúde

Conteúdo em libras

Conteúdo em português

Em 31 de maio comemora-se o dia Mundial sem Tabaco, data escolhida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para fazer um alerta aos fumantes sobre os riscos oferecidos pelas substâncias tóxicas encontradas no tabaco.

Para se ter uma ideia, no mundo, morrem 6 milhões de pessoas por ano por causa do tabagismo, o equivalente a uma morte a cada seis segundos.

O câncer de pulmão é uma das principais doenças causadas em função do tabagismo: no ano passado, cerca de 200 mil pessoas morreram em consequência disso no Brasil. O médico oncologista Tiago Kenju Takahashi, especialista em câncer de pulmão do Hospital Santa Paula, afirma que o risco de câncer no indivíduo que fuma é 20 ou 30 vezes maior do que na pessoa não fumante.

Ele faz um alerta aos sintomas que podem aparecer tardiamente, quando a doença já está avançada. Sinais como: tosse frequente com mudança em seu padrão, com sangue, rouquidão, chiado no peito, falta de ar e dor no tórax devem ser investigados por um especialista.

Além do cuidado com a saúde, que é extremamente importante, o doutor dá um conselho: “Costumo dizer para meus pacientes que hoje o maço de cigarros custa em média R$ 7. Em vinte anos, o indivíduo gastará em média R$ 50 mil, ou seja, se parar de fumar, ele pode comprar um carro zero km ou fazer uma longa viagem para o exterior”, diz o oncologista.

Por Renata Lins

Posts Relacionados

Assine a Revista D+