Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela
Dorina-Nowill-–-Homenagem-à-uma-mulher-de-visão
Dia 14 de fevereiro de 2020 | Por Jessica Carecho | Sobre Notícias

Objetivo é aumentar o número de pessoas com deficiência visual beneficiadas
Em um país com 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual, a demanda por serviços especializados é alta. Por isso, a Fundação DorinaNowill para Cegos trabalha há mais de 70 anos pela inclusão e autonomia de pessoas cegas e com baixa visão. Só em 2018, a instituição realizou mais de 35 mil atendimentos gratuitos a pessoas com deficiência visual e seus familiares, mas ainda há muito o que fazer.
Buscando elevar em pelo menos 15% o número de beneficiados, neste ano, a Fundação Dorina ampliará o seu horário de atendimento, começando mais cedo e encerrando mais tarde. A partir do mês de março, a equipe da Fundação passa a atender de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, na sede da entidade localizada na Vila Clementino, zona sul da cidade de São Paulo.
“Conseguimos nos estruturar para incluir mais duas horas diárias de atendimento. Nosso objetivo é dar conta de uma demanda crescente, além de reduzir a fila de espera dos Serviços de Apoio à Inclusão”, explica Kely Magalhães, gerente da área na Fundação Dorina.

Vale reforçar que todo o atendimento especializado oferecido para pessoas com deficiência visual e suas famílias é gratuito e tem como missão promover a inclusão social de pessoas cegas e com baixa visão, respeitando as necessidades individuais e sociais. A atuação da Fundação se dá por meio de produtos e serviços especializados, como reabilitação, cursos livres de qualificação profissional, empregabilidade, produção e distribuição de livros acessíveis para todo o Brasil, atendimento ao mercado com soluções em acessibilidade, entre outras ações.

Sobre a Fundação DorinaNowill para Cegos

Há mais de 70 anos, A Fundação DorinaNowill para Cegos trabalha para que crianças, jovens, adultos e idosos cegos e com baixa visão sejam incluídos em diferentes cenários sociais. A instituição oferece serviços gratuitos e especializados de habilitação e reabilitação, dentre eles orientação e mobilidade e clínica de visão subnormal, além de programas de inclusão educacional e profissional. Responsável por um dos maiores parques gráficos de braile no mundo com capacidade de impressão de até 450 mil páginas no sistema por dia, a Fundação DorinaNowill para Cegos é referência na produção e distribuição de materiais nos formatos acessíveis braile, áudio, impressão em fonte ampliada e digital acessível, incluindo o envio gratuito de livros para milhares de escolas, bibliotecas e organizações de todo o Brasil. A instituição também oferece uma gama de serviços em acessibilidade, como cursos, capacitações customizadas, sites acessíveis, audiodescrição e consultorias especializadas. Contando com o apoio fundamental de colaboradores, conselheiros, parceiros, patrocinadores e voluntários, a Fundação DorinaNowill para Cegos é reconhecida e respeitada pela seriedade de um trabalho que atravessa décadas e busca conferir independência, autonomia e dignidade às pessoas com deficiência visual. Mais detalhes: http://www.fundacaodorina.org.br.

 

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+