Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela

Conteúdo em Libras

Texto em português

O Centro Educacional Sal da Terra, em Taboão da Serra, abriu mais uma vez as portas, no último sábado, 27, para a 10ª Ação de Orientação do Grupo de Apoio à Pessoa Especial (G.A.P.E) e o 6º UniDiversidades, em um evento com muita alegria e informação para os familiares e amigos de pessoas com deficiência da região.

A programação começou animada com a apresentação do espetáculo O circo, do Coral do Menino, seguida das apresentações musicais com a dupla Roseli Behaker e Nélio Nuno, ambos com deficiência visual; dos alunos do Centro de Reabilitação Social Renato Philipe Hanai Mendes de Taboão da Serra; e a ilustre presença do cartunista Ricardo Ferraz, com tirinhas sobre inclusão.

Além das apresentações artísticas, Flavio Alcântara da Silva, amputado, do setor financeiro, ministrou a palestra motivacional Bola cheia ou bola murcha? relatando a importância do relacionamento familiar entre pais e filhos. “Motivem-se! As dificuldades sempre existirão para pessoas com ou sem deficiências”, incentivou.

A professora Fábia Silva ministrou a palestra Como incluir o aluno com deficiência em sala de aula analisando diferentes vertentes da inclusão dos alunos com deficiência no ambiente escolar, como: as expectativas dos professores, os mitos e consumos sobre a educação inclusiva, políticas públicas escolares, o diagnóstico clínico, entre outros.

Para Fábia, o aspecto de desenvolvimento dos filhos, muitas vezes, não é explorado por que as pessoas não enxergam o preconceito da própria família. “Devemos ampliar o nosso olhar quando pensamos em diversidade para ir além do ambiente familiar; pois dentro de uma sala de aula há pessoas que também buscam por novas conquistas”, explicou a professora.

A empresa Cinpal, de Taboão da Serra, realizou o lançamento do livro Relatos da Inclusão: Trabalhadores com deficiência no setor metalúrgico de Osasco e Região dando voz aos trabalhadores e desenhando a história do setor nos anos 2000.

Com a aproximação dos Jogos Paralímpicos, a paratleta do remo, Rebeca Barreto, do Atletas do Futuro, realizou uma palestra motivacional. A Associação Paradesportiva Todos (APT) também marcou presença com informações sobre a modalidade paralímpica Bocha.

No momento autoestima foi oferecido corte de cabelo masculino e maquiagem feminina; atendimento médico para teste de diabetes e aferição de pressão; consulta jurídica com o advogado Denilson Magalhães; orientação psicológica com a psicóloga Leticia Oliveira, do G.A.P.E e o psicólogo Felipe Codina; além de orientação sobre o mercado de trabalho com Fátima Rocha e Angela de Oliveira.

Para a professora Fátima Rocha, presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de Taboão da Serra (CMPD), que participa desde o segundo evento da G.A.P.E, o evento representa uma oportunidade de lazer e informação às famílias com pessoas com deficiência. ”O trabalho é uma corrente de voluntários; para entender a dinâmica é preciso muito amor e paixão”.

Por Cintia Alves

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+