Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela

Conteúdo em Libras

Texto em Português

Terezinha Guilhermina, Alan Fonteles, Jason Smyth e Omara Durand são alguns dos velocistas mais rápidos do mundo e prometem participação inesquecível neste segundo dia de Jogos, já conhecida como Supersexta.

O irlandês Jason Smyth tenta o terceiro ouro seguido nos 100m T13 no atletismo masculino, cuja final acontece agora de manhã. Nas duas edições anteriores dos Jogos, Pequim 2008 e Londres 2012, ele baixou seu recorde mundial, que atualmente é de 10,46s. A meta é conseguir a tripleta aqui no Rio de Janeiro.

Já a cubana Omara Durand, no feminino, que conquistou três títulos mundiais e quebrou o recorde mundial quatro vezes nos 100m T12, tenta correr abaixo dos 11,48s, sua melhor marca atualmente. A final da prova acontecerá hoje à noite.

Alan Fonteles dispensa comentários: entrou para a história dos velocidades mais incríveis do mundo de uma maneira para lá de surpreendente. Nos Jogos de Londres 2012 ganhou os 200m T44, deixando para trás o mito Oscar Pistotius.

Hoje à noite ele entra em ação nos 100m T43/44, e claro, sonha com medalha. No entanto, terá que superar o americano Jarryd Wallace e o britânico Jonnie Peacock, atual campeão

Na categoria T11, Terezinha Guilhermina, a mineira de Betim considerada a velocista cega mais rápida do mundo pelo Guiness Book, é mais uma de nossos campeões que disputará a final hoje, no Estádio Olímpico. Ela é bicampeã Paralímpica e tem como principal adversária a chinesa Cuiqing Liu, que se deu mmelhor nos dois últimos duelos.

A americana Tatyana McFadden, melhor corredora de cadeira de rodas do mundo, compete nos 100m T54 no comecinho da noite. Pode ser a primeira das sete medalhas de ouro que ela deseja conquistar nos Jogos Rio 2016. E para terminar, a britânica Sophie Hahn duela com a brasileira Veronica Hipolito nos 100m T38.

A noite promete!

Por Taís Lambert, do Rio de Janeiro

Posts Relacionados