Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS | Leitor de Tela
Destaque Site 1600x800 px
Dia 22 de março de 2018 | Por Audrey Scheiner | Sobre Notícias e Saúde
Banner intérprete (2)

O Hospital Santa Paula acaba de inaugurar o Instituto de Reumatologia, uma área que tem como propósito dedicar-se exclusivamente ao tratamento de doenças popularmente conhecidas como reumatismo. Existe mais de uma centena de doenças reumáticas. As mais comuns são osteoartrite – também conhecida como artrose, fibromialgia, osteoporose, lúpus, artrite reumatoide e outras doenças inflamatórias como as espondiloartropatias soronegativas.

As doenças reumáticas representam um conjunto de diferentes doenças que acometem os ossos, as articulações, cartilagens, músculos, tendões e ligamentos. Elas também podem comprometer outras partes e funções do corpo humano, como rins, coração, pulmões, olhos, intestino e até a pele.

Hospital Santa Paula_fachadaO Hospital Santa Paula promove 75 anos de atividades em prol do bem-estar dos pacientes com reumatismo

Segundo afirma Jayme Fogagnolo Cobra, coordenador do Instituto de Reumatologia Santa Paula, a principal queixa das pessoas que chegam ao reumatologista é dor nas articulações. “Em muitos casos, nas fases iniciais das doenças, as pessoas tentam tratar as crises de dor por conta própria, procuram um pronto-socorro ou outras especialidades para amenizar a dor e não prosseguem numa investigação da real causa por trás dessas crises”, afirma o profissional. Jayme também complementa que, quando o paciente chega ao reumatologista, a doença já pode estar mais avançada, tornando mais difícil e prolongado o tratamento.

O coordenador administra um grupo de reumatologistas que teve início com Castor Jordão Cobra, em 1942, em uma época que poucas pessoas se dedicavam à especialidade. Nesses mais de 75 anos de atividades, dezenas de especialistas se dedicaram em melhorar a qualidade de vida dos pacientes por meio de um tratamento individualizado. Atualmente, a equipe é formada por 26 médicos.

O especialista levou todo seu conhecimento para o Instituto de Reumatologia Santa Paula e montou uma equipe dedicada ao hospital. O funcionamento é de segunda a sábado para a realização dos atendimentos, exames e tratamentos eletivos. Os atendimentos podem vir tanto do pronto-atendimento do hospital como pela marcação de consultas.

De acordo com Jayme, o objetivo do trabalho, com o Instituto de Reumatologia, é aumentar a conscientização das pessoas sobre o universo das doenças reumáticas, pois, com informação, as pessoas tendem a procurar ajuda mais precocemente. “Desta forma, acreditamos que poderemos ajudar a diagnosticar as doenças nas fases mais iniciais, quando ainda não há sequelas, iniciando, portanto, o tratamento no momento certo, o que é um dos fatores determinantes para a eficácia na maioria dos casos”, conclui.

A humanização e o cuidado ao paciente de forma individualizada são as premissas do Hospital Santa Paula, que desde 2013 vem investindo na criação de institutos em seu complexo hospitalar para atender os pacientes de forma integrada, desde sua chegada, que às vezes se dá pelo pronto-atendimento, até o fim do tratamento, que pode acontecer meses depois. Neste contexto estão o Instituto de Oncologia, Instituto de Ortopedia, Instituto de Neurologia e agora o Instituto de Reumatologia, ainda pouco disseminado no Brasil por se tratar de um atendimento exclusivo a doenças silenciosas, mas que causa muita debilidade e limitações ao paciente.

Posts Relacionados

Assine a Revista D+