Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela

[tab]
[tab_item title=”Conteúdo em Libras”]

[/tab_item]
[tab_item title=”Texto em Português”]

O lançamento do livro Emile Tuchband – Senhor de Dois Mundos, de Jacob Klintowitz, a respeito do pintor e arquiteto, e a abertura da exposição com uma coletânea de obras do artista ocorreram ontem, 26, às 19h30, na Fundação Armando Alvares Penteado (Faap). O evento foi criação da parceria firmada entre a Faap e o Instituto Olga Kos (IOK), dedicado à inclusão cultural, que está comemorando dez anos de existência. A exposição estará em cartaz até o dia 7 de maio.

A mostra sobre Tuchband também retrata trabalhos dos participantes das oficinas de arte do IOK, dentro do projeto Pintou a Síndrome do Respeito. O instituto é voltado para o desenvolvimento de projetos artísticos e esportivos para atender, prioritariamente, crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual.

Participante do instituto, Mônica exibe um exemplar do livro, entre mais duas participantes do IOK.

Participante do instituto, Mônica Rodrigues exibe um exemplar do livro, entre mais duas participantes do IOK.

O projeto Pintou a Síndrome do Respeito edita livros sobre a arte brasileira com intuito de divulgar a diversidade cultural e artística do país. Em contrapartida, os artistas visitam as oficinas de arte do Instituto e, além de ensinarem um pouco da sua técnica para os profissionais do IOK, que repassam durante as oficinas aos participantes do projeto, eles também interagem e fazem interferências durante a produção dos trabalhos dos alunos, momento mais esperado por eles. Quem participou do projeto, no caso do artista Emile, que já faleceu, foi sua filha, Isabelle Tuchband.

“Estou dedicando esse livro ao meu pai. Neste ano, completaremos 11 anos de seu falecimento. Ele foi um artista maravilhoso e o livro mostra toda a sua história e sua obra. Estou muito feliz de poder compartilhar a obra do meu pai com o mundo”, afirmou Isabelle.

O IOK beneficia mais de 10 mil pessoas e atende atualmente cerca de três mil crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual, ou que se encontram em situação de vulnerabilidade social, em mais de 40 locais espalhados por todas as regiões da capital paulista.

“É um ano muito importante para nós do IOK. Completar 10 anos de um sonho e ver que ele rendeu tantos frutos é gratificante e eventos como esse mostram a importância que o instituto tem hoje também na produção cultural de São Paulo”, afirma Olga Kos, vice-presidente do IOK.

Serviço

Exposição Emile Tuchband

Período de visitação: de 26 de abril até 7 de maio

Local: Mezanino do Mab-Faap (Rua Alagoas, 903 – Higienópolis)

Horários: Segundas, quartas, quintas e sextas-feiras, das 10h às 18h, com permanência até 19h.

Aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h, com permanência até 18h.

(Fechado às terças-feiras, inclusive quando feriado)

Informações: (11) 3662-7198  / www.faap.br/museu

Entrada gratuita

 

[/tab_item][/tab]

Posts Relacionados