Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS | Leitor de Tela
Marcos Rossi faz show no Teatro Gazeta em São Paulo
Dia 5 de outubro de 2017 | Por Audrey Scheiner | Sobre Música e Notícias
Banner intérprete (2)

Ontem, às 21h, o Teatro Gazeta, localizado na capital de São Paulo, recebeu um dos melhores covers de jazz da atualidade. O cantor Marcos Rossi preparou uma série de músicas do famoso cantor de jazz Frank Sinatra e embalou a quarta-feira de uma plateia lotada e animada.

Na grande noite, ele contou com o acompanhamento de uma orquestra, sob a regência do Maestro Eduardo Pereira, que tornou a apresentação ainda mais elegante e requintada.  Algumas surpresas aconteceram durante a noite, pois o espetáculo contou com o corpo de baile durante as canções e a participação de dançarinas em tecido dos grupos Cia Base e Espaço Mega Dança.

O espetáculo foi dirigido por Cristiano Cimino e foi coordenada musicalmente pelo Fernando Hermann. Marcos também dividiu os vocais com a cantora Karla Milani, destaque para a música Cheek to Cheek, que incorporou um belo dinamismo entre a dupla e a emoção do público.

“Ouvindo Sinatra aos domingos, ao acordar, desde pequeno, pois meu pai deixava o som bem alto pela casa toda”, afirma o cantor. E foi assim que Marcos Rossi foi moldado musicalmente por influência de seu pai. O artista nasceu com a síndrome de hanhart, pois nasceu sem os membros superiores e inferiores……?

Hoje, já adulto, e trabalhando sua voz com primor, Marcos uniu dois grandes amores em uma noite histórica: seu pai, que faleceu recentemente, e as músicas eternas do eterno mito do jazz Frank Sinatra. Ingredientes para uma noite feita de emoção e bom gosto em forma de homenagem. Com 15 anos de experiência na carreira musical, Marcos é capaz de viajar do Pop ao Clássico com naturalidade. O que o torna um artista muito versátil e múltiplo.

Para Rossi, o show foi uma oportunidade de provar mais uma vez que basta acreditar em um sonho para ele se concretizar. “Eu acredito que esse meu trabalho como músico pode agregar muito não só na minha vida, mas na de outras pessoas com deficiência, que às vezes têm o sonho de seguir nessa carreira e, por algum motivo, pensam que não são capazes”, relata o cantor.

Porém, ele enfatiza que não há limitação para quem quer lutar pelo futuro. “A limitação é um conceito que está dentro da cabeça das pessoas, ou seja, o nosso maior inimigo, a nossa maior barreira é a nossa própria mente”.

Veja fotos da apresentação abaixo.

Posts Relacionados

Assine a Revista D+