Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS | Leitor de Tela

Hoje, às 9h, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPCD) promoveu no Palácio dos Bandeirantes a premiação dos vencedores do IV Prêmio Melhores Empresas para Trabalhadores com Deficiência. A iniciativa tem o objetivo de dar visibilidade às boas práticas relacionadas à inclusão profissional das pessoas com deficiência e estimular as demais organizações a aperfeiçoarem seus programas de respeito à diversidade humana.

A novidade desta edição é que além de terem participado empreendedores com deficiência, empresas públicas ou privadas de micro, pequeno, médio ou grande porte, também concorreram empresas estrangeiras. Na oportunidade, foi lançada a versão em português do Guia das Empresas sobre Direitos das Pessoas com Deficiência, elaborado originalmente por especialistas do Pacto Global da Organização das Nações Unidas em parceria com a Organização Internacional do Trabalho.

Ao dar início à premiação, a Profa. Dra. Linamara Rizzo Battistella, Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência afirmou que a manhã teria as pessoas com deficiência como protagonistas, além das empresas presentes. “Aqui também iremos mostrar a importância que nosso governo dá para a causa. Nada é mais humano do que participar do crescimento e do desenvolvimento trabalhista. Continuamos sendo o estado que mais emprega pessoas com deficiência no país”, relata a secretária.

Linamara fez um balanço de que o ano de 2017 teve muitas questões de inclusão que foram superadas no mercado de trabalho. “Queremos um estado rico a partir dos direitos humanos e o que São Paulo conquista é meta para desenvolvimento em todo o Brasil. Quando empregamos pessoas com deficiência, ajudamos a empregabilidade de todas as pessoas. Não existe política pública se ela não foi pública para todos”.

Segundo Marinalva Cruz, secretária adjunta da (SEDPCD), saúde e trabalho são as duas coisas mais importantes na vida do ser humano. “A lei de cotas é um mal necessário no país. No futuro, espero que não seja preciso mais legislação, pois as pessoas com deficiência deverão ser contratadas naturalmente. Parabenizo o empenho das empresas que já promovem isso atualmente”, enfatizou.

Grandes ganhadores da manhã, a empresa Hewlett Packard Enterprise fez festa até o final do evento. Esabela Cruz, 31, trabalha na empresa há sete anos e é a líder do programa de inclusão e diversidade das filias da América Latina. “Esse prêmio é muito significativo e conta um pouco da nossa evolução e história. Amadurecemos em nosso projeto de inclusão da companhia. Cada vez mais a gente estuda novas práticas inclusivas. Queremos que as pessoas com deficiência estejam na empresa pelos seus talentos e possam aproveitar todas as nossas novidades”, conclui a líder.

Veja as fotos da premiação abaixo.

Posts Relacionados

Assine a Revista D+