Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS | Leitor de Tela
"Diretrizes de acessibilidade para o site das Nações Unidas" / Foto: Divulgação
Dia 30 de novembro de 2015 | Por Cintia Alves | Sobre Comportamento e Notícias

Conteúdo em Libras

Texto em Português

Desenhado pela Unidade de Desenho Gráfico do Departamento de Informação Pública das Nações Unidas, em Nova York, a pedido da Divisão de Reuniões e Publicações do Departamento de Assembleia Geral e Gestão de Conferências das Nações Unidas, o símbolo será, daqui em diante, referido como o “logotipo acessibilidade”.

O alcance global deste logotipo é transmitido por um círculo, com a figura simétrica conectada para representar uma harmonia entre os seres humanos em sociedade. Esta figura humana universal com os braços abertos simboliza inclusão para as pessoas de todos os níveis, em todos os lugares.

Foi criado para uso em produtos de informação pública impressos e eletrônicos para aumentar a conscientização sobre as questões relacionadas à deficiência, e pode ser usado para simbolizar produtos, lugares e tudo o que é “amigável às pessoas com deficiência” ou acessível. Representando a acessibilidade para pessoas com deficiência – incluindo a acessibilidade à informação, serviços, tecnologias de comunicação, bem como o acesso físico.

Simboliza a esperança e a igualdade de acesso para todos. Ele foi revisto e selecionado pelos Grupos Focais sobre Acessibilidade, trabalhando com a Força-Tarefa Internacional sobre acessibilidade no Secretariado das Nações Unidas. O grupo é composto por organizações eminentes da sociedade civil, incluindo as organizações das pessoas com deficiência, tais como: pessoas com mobilidade reduzida Internacional do Povo, o Disability Alliance International, Rehabilitation International, Leonard Cheshire Internacional e Human Rights Watch, entre outros.

O logotipo de acessibilidade é neutro e imparcial. A utilização não implica o endosso pela Organização das Nações Unidas ou do Secretariado das Nações Unidas.

Fonte: Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo

 

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+