Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS | Leitor de Tela
880x400_noticia_58af70d411d5e_23-02-2017_20-31-32
Dia 17 de março de 2017 | Por Audrey Scheiner | Sobre Educação e Esporte e Lazer e Notícias

[tab]
[tab_item title=”Conteúdo em Libras”]

[/tab_item]
[tab_item title=”Texto em Português”]

As primeiras delegações que disputarão os Jogos Parapan-Americanos de Jovens São Paulo 2017 chegaram quarta-feira, 15, em São Paulo. Delegações de países como México, Brasil, Colômbia e Argentina desembarcaram no Aeroporto Internacional de Guarulhos e mostraram expectativa para competir a partir da próxima segunda-feira, 20, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro.

O maior destaque, entre os atletas brasileiros que desembarcaram, ficou por conta do Jeohsah Santos. O pernambucano chegou a São Paulo e disputará sua primeira competição internacional de salto em altura entre os jovens. Aos 17 anos, no entanto, ele já tem na bagagem a participação nos Jogos Paralímpicos do Rio 2016, em que competiu com adultos e ficou na sexta posição do esporte, classe T44. “Por ser a minha primeira competição de jovens, estou com a expectativa de melhorar a minha marca. Também é importante ficar de olho em quem serão os meus adversários no futuro, nos próximos anos. Quero ser campeão em São Paulo, mas estou de olho em Tóquio 2020”, disse Jeohsah, natural de Pesqueira, em Pernambuco.

A primeira competição internacional no CT Paralímpico também é um atrativo a mais para os jovens. Como é o caso de Lucas Carvalho, que integra a seleção de tênis de mesa que brigará por medalhas.  “Estou bastante ansioso para competir em um lugar de primeiro mundo, como é o Centro Paralímpico. Fiz um período de treinamento bastante intenso no interior de São Paulo e acredito que isso me dará um diferencial em relação aos adversários na luta pelo pódio”, disse o mesatenista, também de 17 anos.

A equipe de 121 argentinos que também embarcou na quarta-feira tenta manter o sucesso de quatro anos atrás, quando Buenos Aires sediou a edição do Parapan de Jovens e o país obteve a terceira posição no quadro geral de medalhas, com 133 (38 ouros, 51 pratas e 44 bronzes). “Esta é a minha primeira vez fora da Argentina e estou bastante nervosa para competir. Mas vou tentar tudo que posso e estou animada para conseguir bons resultados”, disse Agustina Sanchez, que é do atletismo.

Cerca de 800 atletas, com idade entre 13 e 21 anos, de 20 países, participarão do Parapan de Jovens São Paulo 2017. O programa da competição contará com 12 modalidades: atletismo, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, judô, halterofilismo, vôlei sentado, natação, tênis de mesa, basquete em cadeira de rodas e tênis em cadeira de rodas.

Buenos Aires, Argentina, foi sede da última edição dos Jogos, em outubro de 2013. Na ocasião, o evento atraiu 631 atletas de 16 países para competir em dez modalidades. O Brasil liderou o quadro de medalhas do Parapan de 2013 com 209 pódios, sendo 102 de ouro. A primeira edição do Parapan de Jovens foi em 2005, em Barquisimeto, Venezuela, e contou com atletas de dez países. Em 2009, 14 nações estiveram presentes em Bogotá, Colômbia.

Para mais informações: http://www.cpb.org.br/

[/tab_item][/tab]

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+