Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS | Leitor de Tela

Conteúdo em Libras

Texto em Português

Faltando cerca de um ano para os Jogos Paralímpicos, a Prefeitura do Rio entrega nesta segunda-feira (14), às 11h, na Praça do Lido, o novo modelo da Academia Carioca com um aparelho voltado exclusivamente para cadeirantes. A Praça do Lido, em Copacabana, é o primeiro ponto da cidade a contar com o novo modelo do sistema de equipamentos de ginástica ao ar livre.

O principal diferencial do projeto, que será expandido para outros pontos da cidade, é que ele permite o uso por pessoas com deficiência. O design diferenciado, inspirado nos aros olímpicos, é outra novidade das novas academias. A tendência é que as academias já existentes não saiam de circulação e que os novos modelos sejam implantados em novos pontos do Rio.

A iniciativa, da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, é composta por oito equipamentos:

– Multi-Exercitador com Acessibilidade, que proporciona seis exercícios para fortalecimento de tronco e membros superiores de pessoas com deficiência (cadeira de rodas);
– Multi-Exercitador, que permite supino, extensão e flexão de pernas, desenvolvimento de ombros, puxada posterior, voador e crucifixo;
– Caminhada, que simula o andar com leve resistência;
– Esqui, que simula os movimentos do esporte de inverno e trabalha simultaneamente membros inferiores e superiores;
– Pressão das Pernas e Step, que trabalha as pernas por completo e os glúteos;
– Alongador;
– Trave de Equilíbrio;
– Central Múltipla, que permite dezenas de combinações e trabalha todas as partes do corpo.

PRAÇA DO LIDO

A Secretaria de Conservação e Serviços Públicos trabalha desde o final de junho na recuperação da Praça do Lido, em Copacabana, na Zona Sul. Os trabalhos incluem a restauração do pergolado em concreto, que já teve o telhado refeito e foi pintado com tinta acrílica; recuperação do gradil de ferro que cerca a praça, que também ganhará nova pintura e, esmalte sintético; reforma geral dos sanitários; instalação de novas grelhas de ferro no sistema de drenagem; recomposição de pisos em pedra portuguesa; e novo projeto paisagístico com plantio de novas mudas e gramas nos canteiros.
Todos os serviços estão em andamento e a previsão é que a intervenção completa seja concluída até o fim do mês de setembro. O investimento da intervenção é de aproximadamente R$ 300 mil reais que está sendo executada em parceria com a Subprefeitura da Zona Sul em atendimento a demandas de frequentadores e associações de moradores do bairro.

(Fonte: Agencia Rio)

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+