Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela
Reasem - Destaque (1)
Dia 1 de junho de 2017 | Por Audrey Scheiner | Sobre Notícias e Tecnologia

[tab]
[tab_item title=”Conteúdo em Libras”]

botao_news botao_noticia

[/tab_item]
[tab_item title=”Texto em Português”]

A 15ª edição da Reatech – Feira Internacional em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, que acontece de 01 a 04 de junho de 2017, no São Paulo Expo, teve início com a abertura da Reasem – Seminário de Tecnologias de Reabilitação e Inclusão. A primeira palestra foi sobre adoção de recursos tecnológicos para garantir mobilidade nas grandes cidades, ministrada por Luiz Eduardo Porto Mariz, 49, cego e desenvolvedor do aplicativo Cittamob Acessibilidade.

Quando nasceu, Mariz enxergava como qualquer pessoa. A partir dos 19 anos, perdeu totalmente a visão deviso a uma retinose ocular, desenvolvida durante a infância. Porém, durante o início da fase adulta, já mexia com computadores. “Naquela época já existia um início de estruturação da informática, e era bem difícil ter computadores”.

Devido a necessidade de autonomia para usufruir dos transportes públicos, Luiz criou o aplicativo que facilita a acessibilidade nos transportes urbanos.

Devido a necessidade de autonomia para usufruir dos transportes públicos, Luiz criou o aplicativo que facilita a acessibilidade nos transportes urbanos.

A ideia de criar um aplicativo surgir quando, ao passar em frente a um posto de gasolina, tropeçou em uma corrente. Então, Luiz uniu a necessidade para acessibilidade e seus conhecimentos tecnológicos para criar o Cittamob Acessibilidade, ferramenta que fornece as previsões de chegada de ônibus e se destina a usuários com deficiência visual. “Com o Cittamob, você não precisa mais estar no ponto para saber que horas seu ônibus vai passar. Ele ajuda a se programar, seja para ir para o trabalho, para casa ou para a balada. É possível saber em tempo real a que horas seu ônibus vai chegar”.

Uma das motivações do desenvolvedor foi o fato de que a sociedade as vezes não é muito cooperativa com as pessoas com deficiência quando ela precisa usar um transporte público. “Você chega para uma pessoa do seu lado e diz: ‘Poderia me avisar quando tal ônibus chegar?’. Quando você menos percebe, o ônibus da pessoa chegou antes do seu e ela vai embora. Ou então, elas falam que o ônibus passa do outro lado da avenida só para não ajudar. O aplicativo dá autonomia para as pessoas cegas”, enfatiza Mariz.

O desenvolvedor afirma que o Desenho Universal para as pessoas com deficiência é essencial para o uso do aplicativo, porém, o recurso só se torna mais acessível com o respeito das pessoas. “Se o dono de uma casa deixasse a calçada mais pavimentada, se todos colaborassem com a nossa ainda limitação com o piso tátil, informando para qual caminho seguir, se o governo alimentasse a ideia de respeito para as pessoas com deficiência, a sociedade seria muito mais acessível”.

Serviço

15ª Reatech – Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade

Data: de 01 a 04 de junho de 2017, 5ª a 6ª das 13h às 20h | Sábado e Domingo das 10h às 19h.

Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center Endereço: Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – São Paulo – SP – Brasil Transporte gratuito: Rua Nelson Fernandes, 450 – Acesso pelo Terminal Rodoviário Jabaquara.

Reasem – Seminário de Tecnologias de Reabilitação e Inclusão: 01 de junho, das 9h às 18h45 e 02 de junho, das 10h às 18h10.

Reamed – Congresso de Medicina Física e Reabilitação: 03 de junho, das 10h às 19h30 e 04 de junho, das 10h às 19h.

Reashow – Palestras dos Expositores: 01 e 02 de junho, das 14h às 18h e 03 e 04 de junho, das 11h às 18h.

Tecfisio – Seminário de Tecnologias Avançadas em Fisioterapia: 03 de junho, das 10h às 17h.

Workshop Equoterapia: 02 de junho, das 9h às 13h.

Curso Pet – Terapia Assistida por Animais: 04 de junho, das 13h às 18h.

Veja fotos da palestra abaixo:

[/tab_item][/tab]

Posts Relacionados