Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela

Projeto “Faces da Reabilitação” tem o objetivo de romper com o preconceito em relação às pessoas com deficiência

 

No dia 2 de agosto, das 13h às 14h, a estação Paulista da linha 4-amarela do Metrô vai receber a exposição “Faces da Reabilitação” que conta imagens de 20 pacientes da Rede Lucy Montoro. Na ocasião, o educador físico da unidade Rio Preto, Guto Rodrigues, dará um aulão de dança inclusiva para pessoas com e sem deficiência que estiverem no local com coreografia adaptada para as limitações físicas dos participantes. A exposição tem o objetivo de elevar a autoestima dos pacientes e romper com barreiras atitudinais relacionadas às pessoas com deficiência. A mostra estará exposta até dia 1 de setembro e depois seguirá para a estação Fradique Coutinho até o dia 30 de setembro.

 

O ensaio, produzido pela terapeuta ocupacional e fotógrafa Tatiana Pedroso, foi realizado após uma oficina de visagismo e maquiagem que contou com a participação dos pacientes.

 

A Rede Lucy Montoro é referência em reabilitação para pessoas com deficiência e doenças incapacitantes. O atendimento é realizado por uma equipe multidisciplinar, composta por médicos fisiatras, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, assistentes sociais e outros profissionais especializados.

 

Em 2014, a Rede se tornou a primeira instituição brasileira a conquistar a acreditação da Commission on Accredition of Rehabilitation Facilities (CARF). Trata-se de uma entidade canadense reconhecida mundialmente por seus altos níveis de exigência na acreditação de centros de reabilitação do mundo. Essa é uma maneira formal de reconhecer e evidenciar processos seguros que garantam a qualidade do tratamento.

 

Fonte: Imprensa – Rede de Reabilitação Lucy Montoro

 

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+