Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela

[tab]
[tab_item title=”Conteúdo em Libras”]

[/tab_item]
[tab_item title=”Texto em Português”]

Ficar 60 segundos em silêncio para demonstrar o impacto do ruído na vida cotidiana da população. Esse é o objetivo do Dia Internacional da Conscientização Sobre o Ruído, que acontece na próxima quarta (26) na sede da Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura de Paz (Umapaz), setor de educação ambiental da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA), cujo secretário, Gilberto Natalini, estará presente.

O evento tem como inspiração o International Noise Awareness Day (Inad), criado em 1996 nos Estados Unidos pela League for the Hard of Hearing (hoje Center for Hearing and Comunication). A parceria entre a SVMA, a Umapaz e a ProAcústica (Associação Brasileira para a Qualidade Acústica) visa à conscientização sobre os problemas da poluição sonora nos grandes centros urbanos.

A programação começará às 14h e contará com a presença do Monge Ryozan, em reflexão sobre o silêncio. A palestra será seguida dos 60 segundos de silêncio. Participam também a fonoaudióloga Ana Claudia Fiorini, que aborta Os impactos da poluição sonora na saúde dos indivíduos, e o arquiteto e urbanista Marcos Holtz, coordenador da ProAcústica, com O diagnóstico e gestão dos impactos da poluição sonora.

Monumento da Bandeira usará protetores auriculares em comemoração ao dia da conscientização.

Monumento da Bandeira usará protetores auriculares em comemoração ao dia da conscientização.

Às 16h30, alunos das escolas de fonoaudiologia da Unifesp, Puc-SP, USP e Umapaz (150 alunos) seguirão em passeata pelas Avenidas IV Centenário e República do Líbano até a Praça Armando de Sales Oliveira, no Monumento às Bandeiras. Vestindo camisetas alusivas ao Inad Brasil, os manifestantes carregarão faixas com mensagens do tema de 2017: Conforto acústico e educação, um bem para você e sua audição, encerrando a passeata com o Manifesto do Silêncio, quando colocarão “protetores auriculares” no Monumento das Bandeiras.

As atividades serão retomadas às 18h45, em evento com a presença de autoridades e palestra de Marcos Holtz, sobre O diagnóstico e gestão dos impactos da poluição sonora: breve histórico até a regulamentação da Lei. Ele apresenta um Mapa de Ruído da cidade e propõe que o poder público se comprometa a combater a poluição sonora. O evento se encerra com o pronunciamento de autoridades.

Impacto negativo

De acordo com os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o ruído é a segunda causa de poluição ambiental, perdendo apenas para a poluição do ar. A exposição continuada aos ruídos de diversas naturezas pode causar danos à saúde auditiva e promover o desenvolvimento de diversas doenças, como as cardiovasculares, distúrbios do sono, pressão alta, estresse, irritabilidade, ansiedade e agressividade; afeta ainda a capacidade de concentração, aprendizado, produtividade e descanso, interferindo na qualidade de vida como um todo.

Serviço

Dia: 26 de abril de 2017, quarta-feira
Horário: das 14h às 20h30
Local: Sede da Umapaz – Parque Ibirapuera. Av. Quarto Centenário, 1268.
Pedestres: Portão 7A.
Estacionamento: Portão 7 da Av. República do Líbano (Zona Azul)

 

[/tab_item][/tab]

Posts Relacionados