Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela
Divulgação
Dia 13 de julho de 2016 | Por Renata Lins | Sobre Notícias e Política

Conteúdo em Libras

Texto em Português

Pessoas com deficiência, mobilidade reduzida e idosos, por vezes, necessitam do auxílio da família ou de um cuidador para realizar tarefas simples como fazer a higiene pessoal ou se alimentar. Contudo, há um dado bastante alarmante que envolve a falta de preparo e até mesmo de paciência para cuidar das necessidades dessas pessoas: a violência.

Foi divulgado hoje pela Secretaria do Bem-Estar Social (Sebes) um número preocupante: 347 casos de violência contra pessoas com deficiência foram notificados de janeiro a maio deste ano só na cidade de Bauru. Em todo o estado de São Paulo são registrados 37 casos de violência por dia. Como se sabe que muitos dos casos de violência não são registrados, é possível que este número seja muito mais alto.

Além da agressão física, existe também a violência psicológica que diminui o indivíduo fazendo com que ele se sinta inútil na sociedade.

Atualmente existem delegacias especializadas no registro de crimes contra pessoas com deficiência, onde é possível receber atendimento adaptado para quaisquer necessidades que a pessoa tenha, inclusive em Libras. Denuncie pelo telefone 3311-3380 ou pelo e-mail violenciaedeficiencia@sedpcd.sp.gov.br, ambos da Delegacia de Polícia da Pessoa com Deficiência.

Por Renata Lins

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+