Referência em inclusão e acessibilidade!
ACESSO GRÁTIS| Leitor de Tela
Dia 5 de dezembro de 2016 | Por Cintia Alves | Sobre Cultura e Exposições e Lazer e Notícias

[tab]
[tab_item title=”Conteúdo em Libras”]

botao_news botao_noticia

[/tab_item]
[tab_item title=”Texto em Português”]

O Zoológico de São Paulo ofereceu durante a Virada Inclusiva nos dias 2, 3 e 4 de dezembro, a exposição didática com recursos de descrição e áudio de vocalizações de animais e do ambiente para crianças, adolescentes e adultos com deficiência visual; além de painéis com imagens explicativas para deficiência locomotora.

O Zoo Móvel foi instalado no local com alguns animais empalhados, na técnica de taxidermia, entre eles: Mico-Leão-Dourado, Jabuti, Jacaré-de-Papo-Amarelo, Sagui, Tatu Galinha e penas de aves, como Flamingo (vermelho, chileno e pequeno), Pavão, Arara-Canindé e Azul, entre outros; levando a sensibilidade para que os visitantes pudessem sentir a textura, entender a conservação, identificar o tamanho dos animais e conhecer o ambiente que habitam.

Placas em frente aos recintos dos animais indicavam apresentações didáticas para a Elefanta Africana, Flamingos (por causa do cheiro), Gato Mourisco (abordando temas como posse irregular) e Arara, em diferentes horários durante o dia.

Carol Santos, Daniela Chierighini e Marcus Santos são estudantes de Biologia e participam do programa de estágio em Educação Ambiente, da Divisão de Educação e Difusão do Zoológico de São Paulo, explicaram a importância da iniciativa. “Nós conseguimos abordar algumas informações pertinentes aos animais, que muitas pessoas não sabem. Auxiliamos, principalmente, pessoas com deficiência visual e dificuldade de locomoção, que não conseguem ver alguns animais, como, por exemplo, o Jacaré”, explica Marcus.

O Zoo ainda oferece passeios monitorados com intérprete de Libras e audiodescrição. Acesse o site e verifique a disponibilidade: www.zoologico.com.br

[/tab_item][/tab]

Posts Relacionados

Acesse a Revista D+